Translate

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Nubank - Vale a pena?

fonte: www.nubank.com.br
O Nubank é um cartão internacional com bandeira MasterCard Platinum e, apesar de não ter um programa de milhagens, soma pontos no programa MasterCard Surpreenda.

No ano passado, depois de ler sobre o cartão Nubank - o mais cobiçado do momento, longa fila de espera, inovador - fiquei curioso e resolvi fazer o pedido e entrar na fila de espera.


Processo de cadastro

25/Out/2015 - Pedi meu convite pelo formulário no site do Nubank. É preciso informar nome completo, CPF e endereço de email.

26/Out/2015 - Recebi um email confirmando que receberam meu pedido e que estavam fazendo minha análise de crédito. Algumas horas depois, mandaram outro email pedindo para eu baixar o aplicativo e fazer o cadastro: preenchimento de dados pessoais, selfie e foto frente e verso de um documento de identidade (as fotos são tiradas pelo próprio smartphone).

27/Out/2015 - Recebi outro email com o contrato em arquivo PDF, informando que meu cartão estava sendo produzido.

04/Nov/2015 - O cartão chegou em casa e fiz a ativação pelo aplicativo. Bem simples.

06/Nov/2015 - Fiz a primeira compra com o cartão e a compra logo apareceu no aplicativo. Tudo funcionando como esperado.

Impressões

Depois de 3 meses de testando usando o Nubank, estou gostando do cartão (mesmo já tendo um cartão sem anuidade e com programa de pontos). Gosto da facilidade e simplicidade de uso proporcionada pelo aplicativo. Me agrada muito também o fato de ser tudo por email ou pelo aplicativo, sem papel. 

Timeline Nubank
fonte: www.nubank.com.br
A inexistência de anuidade e taxas de manutenção são definitivamente os pontos fortes do cartão. Além disso, o aplicativo te ajuda a ter um melhor controle financeiro. Pelo aplicativo, é possível alterar e consultar o limite de crédito, além de ter acesso fácil às compras realizadas por uma timeline.


Os boletos são enviados por email, mas também podem ser gerados diretamente pelo aplicativo. Quando quiser, você também pode, pelo aplicativo, alterar a data de vencimento da fatura com facilidade.


Mesmo com programa de pontos MasterCard Surpreenda, senti falta de um programa de milhagens.

Ainda não tive a oportunidade de fazer compras internacionais com o cartão Nubank, mas quando fizer, atualizo o post.

UPDATE (15/Abr/2016): Fiz uma compra fora do Brasil e foi quase tudo tranquilo. A compra em si não teve problema nenhum, logo depois de pagar o App notifica a compra.


O "quase" fica por conta de uma duplicidade na fatura. A compra internacional aparece tanto na fatura de Maio como na fatura de Junho. As datas de compra estão diferentes nas fatura e o IOF só aparece na fatura de Maio.
Mandei um email questionando o fato para o atendimento do Nubank ([email protected]), e acredito que eles consigam resolver isso facilmente.




UPDATE 2 (05/Mai/2016): Depois que fechou a fatura de Abril e mandaram o boleto, a cobrança duplicada desapareceu do mês de Junho.


Mas e aí, vale a pena?
A verdade é que depende:

Quando vale a pena:
  • se você paga anuidade  ou taxa de manutenção no cartão de crédito atual
  • se teu cartão atual não possui nenhum programa de milhagens
  • se você precisa de um cartão internacional e teu banco não te oferece vantagem alguma (isenção de anuidade + programa de milhagens)
  • se você, infelizmente, usa crédito rotativo, pois a taxa de juros é mais baixa que os cartões tradicionais (Nubank: até 7,75% ao mês; Outros cartões: chegam facilmente a mais de 15% ao mês)

Quando não vale a pena:
  • se você já possui um cartão de crédito internacional, isento de anuidade e com programa de pontos
  • não quer usar um cartão de crédito que ainda está em fase de testes
  • se você ainda prefere fazer compras com cartão de débito ou em dinheiro (apesar das vantagens, o Nubank continua sendo um cartão de crédito)

Outra coisa, quem já pediu mas continua na fila de espera, peça para algum conhecido indicar. Segundo o Nubank, "pessoas indicadas tem prioridade no processo de cadastro e podem experimentar o Nubank antes de todo mundo!".

domingo, 15 de junho de 2014

Google I/O sem sair do Brasil


"Você, desenvolvedor, que sempre quis participar da principal conferência do Google para desenvolvedores, pode fazer isso sem sair do país. Este ano, a Google I/O será “extendida” a vários lugares do mundo. São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e outras cidades brasileiras estão na lista de locais que vão sediar uma Google I/O Extended, nome dado às versões ampliadas da conferência. Além de assistir às palestras do evento principal, que serão transmitidas ao vivo pelo YouTube, você poderá participar de atividades focadas no ecossistema local de desenvolvedores de sua cidade."

Para a edição de São Paulo, as inscrições devem ser feitas até 18 de junho e os participantes serão escolhidos por sorteio. Para participar, preencha o formulário do evento na página +DesenvolvedoresGoogle

Mais detalhes no blog do Google Brasil.

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Menos é mais: PowerUp 3.0

Quem disse que pra ser legal tem que ser caro ou complicado? Tem um projeto no Kickstarter que prova que algo bem simples pode ser muito divertido: aviãozinho de papel.
Fonte: Galeria de Imagens em http://www.poweruptoys.com/pages/app-toys

O nome do projeto é PowerUp 3.0 e nada mais é que um pequeno motor que pode ser acoplado num aviãozinho de papel e permite que este seja controlado pelo smartphone!
O PowerUp 3.0 usa uma minúscula bateria que pode ser carregada via micro USB.

O vídeo mostra o funcionamento do brinquedo:




quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Project Ara

A Motorola (Google) estão trabalhando num projeto chamado Ara. A ideia do projeto é desenvolver uma plataforma aberta e gratuita para criar um smartphone modular. Soa familiar? Já havíamos comentado sobre o conceito do Phonebloks anteriormente.
www.phonebloks.com

Aparentemente, o conceito Phonebloks, que foi divulgado há uns 2 meses, não tem relação direta com o Project Ara que, segundo o post no blog oficial da Motorola, existe há mais de 1 ano. Mas a beleza de tudo isso é que o pessoal da Motorola se encontrou com o Dave Hakkens, criador do Phonebloks para trabalharem juntos, já que ambos "compartilham uma mesma visão" e são complementares: a Motorola tem o domínio técnico e o Dave criou uma comunidade.


Design inicial

Pois é... a Motorola/Google deu o primeiro passo. Agora é torcer para que cada vez mais fabricantes se envolvam com o projeto para que o "smartphone que vale a pena manter" se torne realidade o mais rápido possível.

O novo vídeo do Phonebloks explica a parceria e os próximos passos (em inglês):





segunda-feira, 21 de outubro de 2013

PS4 no Brasil: Sony está perdendo dinheiro (WTF?)

Todo mundo ficou indignado com o preço do PlayStation4 no Brasil. Até eu, que prefiro Xbox.

Pelo blog, a Sony declarou estar frustrada com o preço do console no Brasil, e que ia justificar o preço em breve. Hoje li a "justificativa" e meu cérebro travou. Fizeram uma conta bem estranha dizendo que 63% dos R$ 3.999 são impostos e taxas, e ainda estão nos dando um desconto de R$ 258! Tem até um infográfico para mostrar a matemágica que fizeram:

Fonte: UOL Jogos

Sendo apenas mais um consumidor brasileiro, e com base no infográfico da Sony, algumas perguntas pipocam na cabeça:
  • Como é que um produto de R$ 858 gera impostos e taxas que somam de R$ 2524?! São 294% só de impostos e taxas! #WTF!
  • Qual é a mágica que a Microsoft está fazendo para vender o Xbox One no Brasil pela metade do preço? (supondo que os impostos e taxas possam mesmo chegar a 294% do valor do produto) (*)
  • A Sony está "perdendo dinheiro"? Sério?
(*) Update 24/Out/2013Xbox One será fabricado no Brasil, o que justifica a diferença de preço, mas ainda não explica 294% de impostos do PS4.


#WTFSONY

21 de Outubro: Sony Brinqueichon Day